Notícias

Zubeldía desbanca Tite no Flamengo e brilha no Brasileirão

Após as duras derrotas para Cuiabá e Vasco da Gama, o São Paulo voltou a embalar uma boa sequência no Campeonato Brasileiro. No último sábado (6), ao vencer o RB Bragantino pelo placar de 2×0 no MorumBIS, a equipe de Zubeldía alcançou a quarta vitória consecutiva na competição. Inclusive, vale destacar que o São Paulo sob comando do argentino obteve uma reação considerável na temporada.

As estatísticas mostram que, nas 12 partidas em que esteve a frente do São Paulo, Zubeldía comandou a equipe a sete vitórias, três empates e apenas duas derrotas. O aproveitamento de 66,6% é o segundo melhor no período, ficando atrás apenas de Abel Ferreira, do Palmeiras. Nos 12 jogos, Zubeldía somou 24 pontos, contra 26 do português que comanda o rival paulista.

Se levar em conta o desempenho de Zubeldía em todas as competições com o São Paulo, os números são ainda melhores. Até o momento, são 12 vitórias a frente do Tricolor Paulista, quatro empates e as já citadas duas derrotas. O aproveitamento do argentino é de 74,1%, com 31 gols marcados e apenas 14 sofridos.

Interesse do Equador em Zubeldía

O bom trabalho do argentino a frente do São Paulo já vem sendo bastante reconhecido. Vale destacar que Zubeldía já chegou a ser cogitado para o cargo de técnico da Seleção do Equador, que não teve um bom desempenho na Copa América 2024. Assim como o Brasil, os equatorianos caíram nas quartas de final também nos pênaltis, após revés diante da Argentina.

Entretanto, o torcedor do São Paulo pode ficar tranquilo em relação ao possível assédio equatoriano em Zubeldía. Isso porque, segundo o ‘GE’, a diretoria do Tricolor Paulista considera que o contrato longo (válido até 2025), além da multa considerada alta, protegem a equipe de qualquer assédio sob o trabalho do treinador. Inclusive, o próprio Zubeldía não deu nenhum indício de que aceitaria uma hipotética proposta de trabalho de outra equipe ou seleção.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo